quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Galileanas



E o velho falou a Zaratustra desta maneira:
"Este viandante não me é estranho: passou por aqui há anos. Chamava-se Zaratustra, mas mudou.
Nesse tempo levava as suas cinzas para a montanha. Quererá levar hoje o seu fogo para os vales? Não temerá o castigo que se reserva aos incendiários?"

[da Lua em Trânsito]
Dá-me um abismo,
De um silêncio ao fundo...
Disseram que o amor é um desconhecido!

[de Júpiter no Meio do Céu]
E que seus olhos cansados podiam ter movido montanhas ?
O amor conquista-se pelo medo, criança...
[ Did You Believe In Souls? ]
Posted by Picasa

Um comentário:

Analuka disse...

Querida amiga Val! Faz tempo que não visito teu jardim, e que gostoso passear por aqui. Adorei a delicada imagem (com borboletas!), e o excerto de Zaratustra... Deixo beijos pintados e alados, e votos de um Ano Novo feliz, cheio de poesia, amor, luz, paz, alegria, para ti e os teus!!!