quarta-feira, 19 de maio de 2010

para Saramago.

alguns dias merecem ser saudados ao som de uma orquestra.  os grandes arranjos são mesmo 'coisas' da vida.todo dia eu chacoalho um passo novo e ainda estranho cada ritmo... entenda, não se precisa conhecer a fundo, o fundo de todas as coisas. valha-se apenas do que há disponível e sem pieguices, aprenda tudo. o ritmo, a dança, treine a voz, intime a alma. [re]arranje-se. mas você precisa estar lá. aberto ao grande salão. e  dançar.

Um comentário:

Beta disse...

intimar a alma, exato chacoalho na razão. grandes arranjos, grandes arrepios. valer-se, num acordo de núpcias, prenhe do ritmo da vida. e dançar. e dançar...

:) adorei!

beta
http://sedemfrenteaomar.wordpress.com