segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Quase Tudo

eu sei que o mundo
vasto mundo
já nos dizia raimundo
é tão intenso
que caberia na palma de nossas sonhadas,
espantadas,
acanhadas mãos.

no entanto
eu,
que sou sempre a mesma folha ao vento
seja calor, venha tempestade
prefiro pensar que um pensamento
apenas um deles,
dos nossos,
vale a ida
com a vida em verso,
e mais uma volta
por esse mundo inteiro
que nos dou.

e quase tudo
que se pareça
s a u d a d e
abraça a tua mais serena lembrança...
e
viver nunca foi tão fácil,
nem tão fúcsia.
viver, todos nós, para o que nos for destinado ver.

folhas raras
todos somos cada um
e entre nós,
ainda nascerão muitos.

e depois que cada um passar por nós,
serão estes,
os mais guerreiros
os mais atentos e os mais aflitos,
os nus, totalmente despidos
que herdarão nossos olhos
e com sorte,
com toda boa sorte,
nosso indefectível modo de amar
TANTO
TUDO
SEMPRE.

*para Jorje Elias Fecuri Neto*

Da série Amigos Que Não Prescrevem Jamais...

4 comentários:

Héber Sales disse...

apenas um pensamento
apenas uma pessoa
vale muito

vale quando a gente
entende que tempo
é apenas um outro jeito
muito mais pobre
de dizer transformação

de dizer da unidade
de todas as coisas
que viemos de muitos
e em muitos nos tornaremos
(para o bem ou para o mal)

o tempo minha irmã em armas
aquele tempo de relógio
é apenas a medida canhestra
da eterna criação

beijo grande

loba disse...

Val!
Tão bonita qto a proposta de seguir em frente é a de
... amar
TANTO
TUDO
SEMPRE.
Pois que tudo que nos cabe na palma da mão sempre será pouco ou quase nada perto do que nos cabe ser, estar, viver!
Caramba! Eu continuo ou muda ou besta na frente dos seus poemas! rs...
Beijo

Val Freitas disse...

Heber...que lindo ^´e ter você transpirando aqui...mais, vai...quero mais! beijos, amado meu.

Lobita: uma alegria receber os novos livros. queria ter participado...no mais, essa casa aqui, todas as paredes, são suas. nuas. beijos meus, mulher em-lua-alta.

Héber Sales disse...

sempre um prazer, querida
ir à luta contigo. beijão!